PARÓQUIA S. MIGUEL DE QUEIJAS

igreja1 vitral1 igreja2 Auditorio vitral2 vitral4 igreja3 vitral3 Slide Cspq1 Slide cspq7 Slide igreja4 Slide cspq3 Slide cspq5 Slide pinturas Slide cspq8 Slide vitral5 Slide cspq6 Slide cspq2 Slide cspq4

Festa de Nossa Senhora da Luz em Linda-a-Pastora

Capela Linda PastoraA União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, em parceria com a Paróquia de S. Miguel de Queijas, irá realizar no fim-de-semana de 7, 8 e 9 de Setembro, as Festas em honra de Nossa Senhora da Luz.

Este evento iniciará no dia 7, às 21h30, e contará com a presença musical do dueto "Vitor Ginja e Beto". A noite do dia 8, Sábado, será animada pelo músico Toy Cascão.
No Domingo, dia da festa religiosa, a Missa será às 16h00 seguida de Procissão em honra de Nossa Senhora da Luz, pelas ruas da nossa terra.

Nos espaços envolventes à Igreja, haverá tasquinhas, queremesses e animação pelo Agrupamento de Escuteiros 774 de Queijas e pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Linda-a-Pastora.

Vem e participa!


A Igreja celebra todos os anos, no dia 8 de Setembro, a Festa da Natividade de Nossa Senhora.
A memória litúrgica desta festividade mariana remonta ao século V, quando foi edificada em Jerusalém uma igreja, num sítio que os Apócrifos indicavam como lugar da casa de São Joaquim e de Santa Ana, pais da mãe de Jesus.

São desconhecidas as razões da data de 8 de Setembro. A Igreja Oriental soleniza a natividade de Maria como início do ano litúrgico. No Ocidente (a partir de Roma) as primeiras celebrações surgem no século VII.

A Festa da Natividade de Maria, aurora da nossa salvação, oferece-nos importantes elementos de meditação. São os evangelhos apócrifos que narram o nascimento da Mãe do Salvador, com emocionantes e inverosímeis fantasias, que podem ser vistas como simbologias e interpretações. A Bíblia não nos dá informações sobre o nascimento de Maria. Mas ele foi uma realidade importante na prossecução do projeto divino da nossa salvação. Daí que valha a pena meditar sobre esse acontecimento à luz da fé em Deus que, na sua misericórdia, quis salvar os homens com a colaboração de Maria, nova criatura, cuja entrada no mundo hoje celebramos.

NSLuzPara nos darmos conta da importância do nascimento de Maria, devemos ter em conta que o seu protagonista é Deus. As fantasias dos apócrifos indiciam fé nesse protagonismo. A Liturgia aponta para a presença e o protagonismo de Deus no nascimento e na vida de Maria. O oráculo de Miqueias (Miq 5, 1-4) tem em vista a maternidade, isto é, a fonte de um nascimento, projetado por Deus: a citação desse oráculo em Mt 2, 6 regista uma convicção messiânica de S. Mateus traduzida em convicção cristológica e contextualmente mariológica. A releitura de um outro oráculo (Is 7, 14) pelo mesmo evangelista vê na Virgem que dá à luz, a mãe designada pelo próprio Deus e envolta no abismo místico da comunhão com o Espírito Santo, o «Senhor que dá a vida».

A importância do nascimento da Virgem Santa Maria também se deduz pela verificação da sua presença entre aqueles que foram chamados por Deus conforme o seu desígnio, desde sempre conhecidos, predestinados, justificados - a singular redenção antecipada da Imaculada -, glorificados.

Esta festa é, para nós, uma excelente ocasião para crescermos no amor e na devoção à Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa mãe.
Celebremos com alegria o aniversário de Nossa Senhora.

Vem, e participa !

Padre Alexandre Santos

 

Cateq 2018

Calendario Cateq

horariomissas



Patriarcado