PARÓQUIA S. MIGUEL DE QUEIJAS

igreja1 vitral1 igreja2 Auditorio vitral2 vitral4 igreja3 vitral3 Slide Cspq1 Slide cspq7 Slide igreja4 Slide cspq3 Slide cspq5 Slide pinturas Slide cspq8 Slide vitral5 Slide cspq6 Slide cspq2 Slide cspq4

O Sucesso do «Pátio dos Gentios"Ravasi7

Após Paris, serão Tirana e Florença a acolher o “Pátio dos Gentios”, e muitas outras cidades em todo o mundo, que já se ofereceram para hospedar esta iniciativa que deseja relançar o diálogo entre aqueles que crêem e os que não crêem, fortemente desejado por Bento XVI e que já obteve, na semana passada, um grande sucesso na capital francesa. O Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, Cardeal Gianfranco Ravasi, conversando com a Rádio Vaticano falou sobre o encontro de Paris:

"A atmosfera em Paris foi de grande ajuda para poder iniciar este itinerário. Houve uma participação, especialmente no horizonte intelectual, muito forte e muito intensa. Em Paris, tínhamos realmente todas as áreas possíveis, todos os pontos cardeais, que iam da cultura à sociedade, das questões científicas às questões de direito, da arte à espiritualidade. Tivemos também a conclusão solene, com os jovens, na grande praça em frente à Catedral de Notre-Dame. Este horizonte tão complexo, tão vasto, tão mutável, agora nós gostaríamos, em certo sentido, torná-lo mais específico, desenvolvê-lo por sectores. E é por isso que gostaríamos de iniciar por Tirana, herdeira de um país - único no mundo - que teve na sua Constituição o ateísmo, como ateísmo de Estado, de maneira oficial, e que agora, ao invés, se encontra em outra perspectiva. Gostaríamos de começar mais especificamente sobre a relação entre sociedade e espiritualidade ou a indiferença religiosa. Este será o primeiro, mas depois vamos expandir sobre temas mais específicos. Florença será a Universidade enquanto tal, depois, Barcelona, Estocolmo, Valência, Quebec, Praga e Milão. É uma espécie de calendário que continua crescendo e se ramificando e que cada vez mais torna-se sectorial no diálogo entre crentes e não crentes".

“Pátio dos Gentios”, inaugurado em Paris é um encontro internacional, uma nova estrutura para o diálogo com não crentes, que deseja ser um “espaço aberto”. Dom Ravasi disse que a Igreja Católica quer convidar os não crentes a “iniciarem uma viagem” conjunta, em busca da “verdade”, do “sentido da existência” e da “comunhão”.

O nome «Pátio dos Gentios» evoca o espaço homónimo que, no antigo Templo de Jerusalém, hospedava os não judeus. (SP)

Rádio Vaticano, 29 de Março de 2011

 

Cateq 2018

Calendario Cateq

horariomissas



Patriarcado