PARÓQUIA S. MIGUEL DE QUEIJAS

igreja1 vitral1 igreja2 Auditorio vitral2 vitral4 igreja3 vitral3 Slide Cspq1 Slide cspq7 Slide igreja4 Slide cspq3 Slide cspq5 Slide pinturas Slide cspq8 Slide vitral5 Slide cspq6 Slide cspq2 Slide cspq4

Halloween - curiosidades

Halloeen1

A comemoração do Halloween é uma festa tradicional que ocorre nos países anglo-saxónicos, com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem a celebração do fim do Verão.

As raízes desta festa remontam às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha, entre os séculos V e VIII. Esta festividade foi levado para os Estados Unidos, em 1840, por imigrantes irlandeses e passou a ser conhecida como o "Dia das Bruxas". No entanto, poderíamos encontrar uma dupla origem, que fundamenta esta celebração, e que no decurso da História se foram misturando: origem pagã e origem cristã.

Origem pagã
Inicialmente correspondia a um festival do calendário celta irlandês, o Festival de Samhain, celebrado entre 30 de Outubro e 2 de Novembro e marcava o fim do Verão. Tinha como principal objectivo prestar culto aos mortos.
A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos (46 a.C.) fundiu a cultura latina com a celta, sendo que esta última acabou por desaparecer com o tempo.
druidasEm finais do século II, com a evangelização cristã destes territórios, a religião celta do druidismo, já tinha desaparecido na maioria das comunidades. Pouco sabemos sobre a esta crença, pois nada se escreveu sobre ela. Sabe-se, no entanto, que as festividades do Samhain eram celebradas por esta altura, precedidas por uma série de festejos que duravam uma semana, dando assim início ao novo ano celta. Correspondia a uma das datas mais importantes deste povo que, ao celebrar um fim de um ciclo, festejava a Festa dos Defuntos. Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de felicidade perfeita, onde não haveria mais fome nem dor. Esta efeméride era comemorada com ritos próprios e presidida pelos sacerdotes druidas, que actuavam como "médiuns" entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se, também, que os espíritos dos mortos voltavam por esta altura para visitar os antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.

CruzCelta

Origem cristã
Desde o século IV que a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar "Todos os Mártires". Séculos mais tarde, o Papa Bonifácio IV († 615) transformou o Panteão romano num templo cristão e dedicou-o a "Todos os Santos". Inicialmente, a festa em honra de Todos os Santos era celebrada no dia 13 de Maio, mas o Papa Gregório III († 741) mudou a data para o dia 1 de Novembro, correspondendo ao dia da dedicação da Capela de Todos os Santos na Basílica de São Pedro, em Roma. Mais tarde, em 840, o Papa Gregório IV ordenou que este Dia de Todos os Santos fosse celebrado em todo o mundo cristão. Como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina (31 de Outubro). Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow's Eve (vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e All Hallow Een, até chegar à palavra actual Halloween.


Curiosidades da Festa de Halloween
Uma das grandes lendas, de origem céltica, refere que os espíritos de todos os que morreram ao longo daquele ano voltariam à terra à procura de pessoas para encarnar. Os celtas acreditavam ser esta a única oportunidade de vida após a morte, admitindo todas as leis de espaço e tempo, o que permitia que o mundo dos espíritos se misturasse com o dos vivos. E como os indivíduos não desejavam ser possuídos pelo espírito dos mortos, na noite do dia 31 de Outubro, apagavam todas as tochas e fogueiras das suas casas, para que estas se tornassem frias e desagradáveis. Colocavam fantasias e desfilavam ruidosamente em torno da aldeia, sendo tão destrutivos quanto possível, a fim de assustar todos os espíritos que procurassem corpos para poder encarnar.

halloween-bruxaAs Bruxas e o Halloween
As bruxas têm um papel importante nas comemorações do Halloween. Não é por acaso que o dia 31 de Outubro é conhecido como o "Dia das Bruxas". Segundo várias lendas, estas reuniam-se a meio dos equinócios: 30 de Abril e 31 de Outubro. Estes encontros eram chefiados pelo próprio Diabo e estas, montadas em vassouras voadoras, participavam nestas celebrações. Tinham poder de lançar maldições e feitiços, transformavam-se em várias coisas e causavam todo tipo de transtorno. Diz-se, também, que para encontrar uma bruxa era necessário colocar as roupas do avesso e andar de costas durante a noite de Halloween. Então, à meia-noite, poder-se-ia ver uma bruxa!...

gato_preto1O Gato Preto
O gato preto é, também, frequentemente associado às bruxas. Muitas lendas relatam que estas têm poder de se transformarem em gatos. E, porque pessoas houve que acreditavam que os gatos encarnavam os espíritos dos mortos, desenvolveu-se esta infeliz superstição associada ao gato preto e à bruxa malévola.

Uma das mais conhecidas é aquela que se refere que "se um gato preto se cruzar no teu caminho, deves voltar pelo mesmo trajecto que percorreste pois, se não o fizeres, é azar na certa o que te vai acontecer!".

O dia 31 de Outubro
A celebração do 31 de Outubro, em virtude da sua origem como festa druida, está ultimamente a ser promovida por diversos grupos neo-pagãos e, em alguns casos, assume até o carácter de celebração ocultista.
Na actual comemoração do Halloween, podemos notar a presença de muitos elementos ligados ao folclore e em torno da bruxaria. As fantasias e os enfeites comercializados estão todos eles repletos de bruxas, gatos pretos, vampiros, fantasmas e monstros, no entanto isso não reflecte as origens desta festa.

Alexandre Santos

 

Cateq 2018

Calendario Cateq

horariomissas



Patriarcado