PARÓQUIA S. MIGUEL DE QUEIJAS

igreja1 vitral1 igreja2 Auditorio vitral2 vitral4 igreja3 vitral3 Slide Cspq1 Slide cspq7 Slide igreja4 Slide cspq3 Slide cspq5 Slide pinturas Slide cspq8 Slide vitral5 Slide cspq6 Slide cspq2 Slide cspq4
Pascoa16 catequese Cateq2018

São José e o Papa Francisco

SaoJose"Quando tenho um problema ou uma dificuldade, escrevo-o num papelinho e coloco-o debaixo da imagem de S. José, para que ele sonhe com isso."  Papa Francisco

O Papa Francisco, no encontro que teve com as famílias filipinas em Manila, em Janeiro de 2015, revelou este segredo da sua vida: a devoção e confiança em S. José.

“Gostaria de confessar-vos algo muito pessoal. Tenho uma devoção muito especial a S. José porque é um homem forte e de silêncio. No meu escritório, tenho uma imagem de S. José a dormir e dormindo, ele cuida da Igreja. Quando tenho um problema ou uma dificuldade, escrevo-o num papelinho e coloco-o debaixo da imagem de S. José, para que ele sonhe com isso, para que ele reze por essa minha preocupação”.

Para evitar que o amor se perca, o papa pediu às famílias que nunca deixem de lado a capacidade de sonhar, e que estejam atentas a três atitudes: repousar no Senhor, levantar-se com Jesus e Maria e ser voz profética. Ele destacou que Deus manifesta-se ao homem nos momentos de repouso e que é essencial encontrar tempo para rezar, no meio dos muitos afazeres diários.

“Esses momentos preciosos de repouso, de descanso com o Senhor na oração são momentos que gostaríamos, talvez, de prolongar. Mas, como São José, quando ouvimos a voz de Deus devemos despertar, levantarmo-nos e agir.”

A imagem de S. José a dormir foi um dos poucos pedidos que o Papa solicitou para que lhe enviassem da Argentina. O hábito de confiar ao patrono da Igreja as suas preces soma-se a outros sinais desta devoção. A paróquia do bairro Flores de Buenos Aires, onde o papa Francisco aos 17 anos se confessou (21-09-1953, dia de S. Mateus) e percebeu – pela primeira vez –, que Deus o chamava ao sacerdócio, é também ela dedicada a S. José. A Missa solene do início do seu pontificado foi providencialmente celebrada nesse dia (19-03-2013). E não foi por acaso que uma das suas primeiras decisões pontifícias foi que se acrescentasse na Oração Eucarística – após a intercessão da “Virgem Maria, Mãe de Deus” – a invocação a “S. José, seu esposo”.

Neste momento tão difícil e preocupante para o mundo, confiemo-nos à proteção de Deus e à intercessão do padroeiro da Igreja: S. José, rogai por nós!

 

Cateq 2018

Calendario Cateq

horariomissas



Patriarcado